quarta-feira, 29 de maio de 2024

Saiba quais são as 5 frutas que ajudam a aliviar a ressaca

Após dias de festa, o carnaval chegou ao fim. Os foliões mais animados aproveitaram para se divertir, dançar, colocar suas fantasias criativas e beber bons drinks, cerveja e outras bebidas alcoólicas. Depois de tanta comemoração, o corpo começa a sentir os efeitos, e um deles é a conhecida ressaca, que vem com dor de cabeça, sensibilidade à luz, enjoo, vômito, mal estar, dor do corpo, boca seca e falta de apetite.

Isso acontece, principalmente, devido à desidratação do corpo provocada pela alta ingestão de álcool, que inibe o hormônio antidiurético. Para ajudar a aliviar os sintomas nada confortáveis, a nutricionista do Grupo Mateus, Olímpia Fontenelle, indica algumas frutas. Confira:

Abacate

A fruta, assim como outros alimentos ricos em gorduras saudáveis, reduz a absorção do álcool. Ela é muito bem-vinda pelo organismo por conter ácidos graxos monoinsaturados, cujo principal papel é proteger a parede das artérias que, no caso da ressaca, sofrem com o aumento de toxinas no sangue.

Água de coco

Rica em potássio, magnésio, cálcio, sódio e carboidratos, a bebida ajuda a repor as perdas minerais causadas pelo consumo do álcool (que provoca muitas idas ao banheiro para urinar). Além disso, ela é refrescante e ajuda a desintoxicar o corpo.

Abacaxi

É uma ótima opção. O abacaxi tem 80% de água em sua composição e possui uma enzima chamada de bromelina, que ajuda na digestão das proteínas e aliviando os sintomas da ressaca.

Melancia

Refrescante, docinha e saborosa – não é de graça que a melancia aparece na lista de frutas favoritas de muita gente. A fruta fornece nutrientes como a vitamina C, potássio, magnésio, cobre, vitamina A, vitamina B5, vitamina B6. De acordo com a especialista, uma vez que a dor de cabeça associada a uma ressaca geralmente ocorre em decorrência da desidratação e da diminuição de fluxo sanguíneo ao cérebro, comer melancia pode ajudar.

Laranja e Tangerina

Essas frutas são ricas em vitamina C, auxiliam o fígado a quebrar as moléculas do álcool. A nutricionista reforça a importância da hidratação, bebendo muita água.

– Publicidade –

Outros destaques