terça-feira, 21 de maio de 2024

Sampaio e América de Natal empatam na Arena das Dunas

O América –RN não conseguiu fazer o que precisava jogando na Arena das Dunas, em Natal, nesta tarde de sábado, pela 29ª rodada da série B, e só empatou, por 2 a 2, com o Sampaio Corrêa e se complicou ainda mais na competição. O Diabo segue sua luta para fugir da zona do rebaixamento. O Sampaio fez um segundo tempo sensacional e se foi dominado no primeiro, no segundo deu show e só não venceu porque foi prejudicado pela arbitragem com um gol legal anulado e um gol ilegal validado para o América.

 

Com o resultado o América-RN foi 30 pontos segue na 17ª colocação, a mesma do início da rodada, porém, agora três pontos atrás do primeiro a cair, o Paraná, que ainda joga neste sábado. O Sampaio Corrêa chegou aos 43 pontos e permaneceu na sétima colocação da Série B, também a mesma do início da rodada.

 

 

O jogo

 
O Sampaio começou a partida com duas estreias, o lateral Daniel e o zagueiro Felipe Zang, e claramente para explorar o contra ataque. Com dois minutos quase a tática deu certo. Pimentinha ficou sozinho na frente de Andrey, mas tocou fraco e perdeu um gol incrível. Mais quatro minutos se passaram e um dos estreantes da Bolívia Querida, Felipe Zang, sentiu a coxa e deixou o campo para a entrada de Robinho. Mas foi o América quem se deu melhor e abriu o marcador aos 12 minutos. Wanderson escapou pela esquerda impedido e cruzou. O árbitro nada marcou e Isac apareceu livre pelo meio para bater forte e fazer 1 a 0 América-RN.

 

O América seguiu comandando o jogo e só não ampliou porque Tiago Dutra e Jeferson perderam duas grandes chances aos 23 e 27 minutos respectivamente. Em ambas chutou para fora na cara do goleiro. Aos 30 Rodrigo Ramos fez um milagre ao pegar uma falta no ângulo superior direito após cobrança de falta de Marcelinho. Depois disso o time da casa ainda desperdiçou outras duas boas chances, enquanto o Sampaio chegou pela primeira e única vez aos 45 minutos, quando Jonas arrisca o chute, mas Andrey fez a defesa.

 

Mexeu e deu certo

 

O América voltou para a segunda etapa com uma alteração. Tiago Dutra ficou no vestiário e Jean Cléber foi para o jogo. A alteração deu resultado e logo aos três minutos o time da casa ampliou. Isac recebeu cruzamento da esquerda, ganhou de Robinho e mandou o pé. A bola morreu no canto direito de Rodrigo Ramos que ainda chegou atocar, mas não deu para evitar. 2 a 0 América e o segundo de Isac na partida.

 

Pegou fogo em seguida

 

O Sampaio não desanimou e em dois minutos empatou a partida. Aos 11 minutos Cascata tocou para Pimentinha que de primeira rolou para Wilkian Paulista. O atacante bateu no canto esquerdo e diminuiu. A bola saiu e o América bobeou de novo. Pimentinha saiu driblando seus adversário e na entrada da área bateu forte no canto direito. Andrey ainda tocou na bola, mas não deu. Outros três minutos se passaram e o Sampaio marcou novamente, mas o fraco e confuso árbitro carioca Rodrigo Nunes de Sá anulou um gol legítimo da Bolívia Querida marcando um impedimento inexistente. Depois disso o Sampaio abusou de perder gols e no final ainda quase sofreu um gol que seria um grande castigo para a Bolívia Querida.

 

Próximos jogos

 

O América-RN volta a campo no próximo sábado, 18, às 16h20, no estádio Nabi Abi Chedid, o Nabizão, em Bragança Paulista, para enfrentar o Bragantino pela 30ª rodada da Série B. O Sampaio joga no mesmo dia, mas às 16h10, contra o Náutico, no estádio Castelão.

– Publicidade –

Outros destaques