terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Sampaio tem boa atuação, mas gol no fim castiga equipe

 

O primeiro tempo no estádio da Ressacada foi marcado pela intensidade entre as duas equipes. Sampaio e Avaí demonstraram, desde os primeiros minutos, que queriam um único resultado: a vitória.

O Avaí tomou a iniciativa de jogo, mas o Tricolor respondeu com boa jogada de Eloir, para mostrar que o Tubarão estava disposto a equilibrar as ações de jogo.

Em jogada de velocidade, Edgar ganhou da defesa do Avaí, mas o goleiro Vagner saiu nos pés do atacante boliviano, impedindo o gol do Sampaio.

O jogo seguia elétrico, aberto, com os times buscando o gol, e foi o Avaí quem largou na frente. Paulo Sergio fez boa jogada e chutou no canto de Rodrigo Ramos para abrir o placar.

Mas o Sampaio não se abateu. Partiu pra cima em busca do empate, principalmente com enfiadas de bola do meia Cascata, em noite inspirada. Em uma delas, achou Pimentinha entrando em diagonal, ele só teve o trabalho de tocar por cima do goleiro e empatar o jogo.

O gol deu um gás extra ao Sampaio, que não se intimidou com a pressão da torcida, e partiu pra cima do Avaí.

O Tricolor poderia ter finalizado o primeiro tempo na frente do marcador, se o árbitro marcasse o pênalti claro do zagueiro do Avaí em cima de Pimentinha, mas o lance seguiu sem a marcação da penalidade.

Quando o segundo tempo teve início, a Bolívia mostrou as armas, e Cascata, gastando a bola, serviu Pimentinha, mais uma vez. Chute forte, no ângulo, sem defesa. Virada Tricolor na Ressacada.

O empate do Avaí veio minutos depois. Falta perigosa na intermediária da defesa do Sampaio. Marquinhos cobrou com categoria, no canto, e deixou tudo igual.

O Avaí tentou aumentar a pressão, mas o Sampaio se defendia bravamente e respondia no contra ataque. O jogo caminhava para terminar em igualdade, mas uma bola espirrada na área sobrou para o meia Marquinhos decretar a vitória dos donos da casa.

Um resultado que castigou a equipe do Sampaio, pelo bom futebol apresentado, chances criadas, e a não marcação de um pênalti claro em cima do atacante Pimentinha.

Agora, o Sampaio volta a campo no próximo sábado, contra o ABC, no estádio Castelão.

O grupo chega a São Luís na madrugada desta quinta-feira, a meia noite, e já se reapresenta na parte da tarde, no CT José Carlos Macieira, para dar início à preparação ao próximo compromisso da Bolívia na competição.

– Publicidade –

Outros destaques