sábado, 4 de fevereiro de 2023

São Luís está entre os 20 destinos mais procurados em 2022, segundo a Decolar

A capital do Maranhão está entre os 20 destinos nacionais e internacionais mais procurados em 2022 por clientes da Decolar (empresa de viagens líder da América Latina). São Luís ocupa a 19ª posição no ranking divulgado pela empresa que aponta em primeiros lugares Lisboa, em Portugal (destino internacional) e Rio de Janeiro (destino nacional). 

“A gestão do prefeito Eduardo Braide tem trabalhado de forma sistemática para fortalecer o turismo em nossa cidade. Para tanto, tem investido na divulgação do destino em feiras e eventos tanto no Brasil quanto no exterior. Compor esta seleta lista da Decolar, para nós, comprova que estamos no caminho certo”, aponta o secretário de Turismo de São Luís, Saulo Santos.

De acordo com o levantamento feito pela empresa, entre os destinos nacionais, o Rio liderou as buscas durante o ano e foi acompanhado, no Sudeste, por São Paulo (9ª), Belo Horizonte (16ª) e Vitória (17ª). Já no Nordeste os destaques foram Recife (2ª), Fortaleza (3ª), Salvador (4ª), Maceió (5ª), Natal (7ª), Porto Seguro (10ª), João Pessoa (12ª), São Luís (19ª) e Aracaju (20ª). Na região Norte, Belém (18ª), foi a representante. No Centro-Oeste há Brasília (8ª) e Goiânia (14ª). O Sul está representado por Porto Alegre (6ª), Florianópolis (11ª), Curitiba (13ª) e Foz do Iguaçu (15ª).

Entre os destinos internacionais Lisboa, em Portugal, veio 1º lugar seguida, na Europa, pelas cidades de Paris (7ª), Madri (9ª), Porto (10ª), Londres (11ª), Roma (12ª), Frankfurt (14ª) e Barcelona (17ª).

Dos outros 12 destinos, cinco estão na América do Sul: Buenos Aires (2ª), Santiago (5ª), Montevidéu (13ª), Lima (16ª) e Bariloche (18ª). Cinco estão na América do Norte, com Miami (3ª), Orlando (4ª), Nova York (6ª), Boston (19ª) e Las Vegas (20ª). A região caribenha tem Cancún (8ª) e Punta Cana (15ª).

De acordo com o levantamento, de janeiro a dezembro do ano passado, a procura por passagens aéreas aumentou 37%, em relação ao mesmo período de 2021.

– Publicidade –

Outros destaques