quinta-feira, 30 de junho de 2022

G10 Editora

Seduc participa de pesquisa do MEC sobre o uso de tecnologias na educação

O secretário de Estado da Educação, Danilo Furtado, recebeu, nesta terça-feira (19), a consultora educacional Ann Berger Valente. O encontro teve como objetivo apresentar a pesquisa realizada pelo Ministério da Educação (MEC) e financiada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) sobre o uso de tecnologias na educação por secretarias estaduais e municipais.

Participaram do encontro, a secretária adjunta de Ensino da Seduc, Leuzinete Pereira, e a supervisora de Tecnologias Educacionais do órgão, Akemi Wada.

Ann Berger explicou que a pesquisa se constitui em um levantamento nacional das atuais políticas de tecnologia educacional entre os secretários estaduais e municipais da educação, no âmbito do Ministério de Educação para o Programa Um Computador Por Aluno (PROUCA).

Outro objetivo, segundo a pesquisadora, é identificar dificuldades enfrentadas por secretarias estaduais e municipais na efetivação de programas e projetos que utilizem as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC’s), possibilitando assim, ao MEC, o desenvolvimento de políticas públicas nacionais para apoio e resolução das demandas identificadas como mais latentes no atual modelo do programa.

Na ocasião, o secretário Danilo Furtado apresentou as ações já desenvolvidas pela Seduc, com destaque aos projetos em fase de implantação, relacionados ao uso de mediação tecnológica no ambiente educacional. “O Maranhão compreende o uso das tecnologias digitais e a mediação tecnológica como ferramentas fundamentais para o encurtamento de distâncias e melhoria do aprendizado,” ressaltou.

A supervisora de Tecnologias Educacionais, Akemi Wada, explicou que a Seduc vem aperfeiçoando a utilização das novas tecnologias em sala de aula. “Em parceria com o MEC, estamos realizando a entrega de tablets a todos os professores de ensino médio, tendo o cuidado de capacitá-los para o uso que incentive o docente a explorar as potencialidades da ferramenta no processo ensino-aprendizagem”, destacou.

Após o Maranhão, a pesquisadora dará prosseguimento ao trabalho visitando o estado do Piauí. Ela recolherá dados de todas as secretarias estaduais, além dos núcleos de tecnologia educacional de cada estado, por meio de formulários on-line. Os resultados servirão de suporte às novas ações do MEC nas áreas de tecnologia educacional.

Ao final do encontro, Danilo Furtado parabenizou a iniciativa da pesquisa, destacando sua relevância na busca por entendimento do novo contexto das tecnologias e sua utilização no processo educacional.

– Publicidade –

Outros destaques