terça-feira, 16 de abril de 2024

Semana de Ciência e Tecnologia será aberta nesta segunda

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT/MA) e a V Mostra Científica do Maranhão voltam a movimentar São Luís e o interior do estado, com atividades cientificas que acontecem em praças públicas e em instituições de ensino. Nesta segunda-feira (13), o evento será aberto, às 17h, na área externa do São Luís Shopping, onde está montada a “Cidade da Ciência”, com as presenças do secretário de Ciência e Tecnologia, José Costa, e da diretora-presidente da Fapema, Rosane Nassar Meireles Guerra.

 

Este ano, o evento acontece de 13 a 19 de outubro e tem como tema “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social”. Coordenada pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Sectec) e Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), a SNCT tem como objetivo democratizar o acesso ao conhecimento científico e aproximar a população da ciência e da tecnologia, promovendo e estimulando atividades de divulgação científica em todo o país.

 

“Este é um evento que está se consolidando ano após ano com um número crescente de participantes tanto na Semana quanto na Mostra Científica. A Mostra Científica foi concebida para que os pesquisadores, contemplados, nos vários editais da Fapema, apresentem seus projetos e resultados ao público, como forma de popularizar este conhecimento. É, também, uma oportunidade para prestarmos conta dos recursos destinados à fundação ao longo dos últimos anos”, contou a diretora-presidente da Fapema, Rosane Guerra.

 

Para fomentar a realização de atividades durante a semana, a Fapema disponibilizou este ano dois editais com alocação de recursos no valor de R$ 1 milhão. “A nossa perspectiva é que este ano tenhamos um número maior de cidades participando com atividades na praça, e não só dentro das instituições, porque a ideia da semana é sair das instituições e levar efetivamente esse conhecimento para o público em geral, para pessoas de todas as idades e socializar o conhecimento”, completou a presidente.

 

Programação

 

No Maranhão, uma vasta programação foi preparada para atrair participantes de todas as idades. Em vários pontos de São Luís e em cidades do inteiro do estado acontecem oficinas, minicursos, palestras, apresentação de pôsteres e de projetos inovadores, além de exposições e apresentações culturais. A programação completa do evento está disponível no site da Fapema, no endereço www.fapema.br.

 

Sucesso em todas as edições da Semana no Maranhão, o planetário está mais uma vez entre as atrações do evento. Além de São Luís, ele será levando também para o interior do estado. Ano passado, no município de Caxias, grandes filas com pessoas de diferentes idades se formaram na principal praça da cidade para assistir a apresentação.

 

Os equipamentos utilizados nos planetários permitem projetar o Meridiano e o Equador Celeste, planetas, cometas, asteroides, luz crespuscular, Sol e Lua, simulando viagens pelo espaço que encantam os participantes das sessões.

 

Para São Luís, uma das novidades é a sala com jogos virtuais, onde telas touchscreen com games sobre diferentes formas de geração de energia prometem fazer sucesso entre crianças e jovens. À medida que o participante acertar as questões do game, o cata-vento montado no centro da sala ganha energia e começa a se movimentar.

 

A exemplo do que tem acontecido nos últimos anos durante o evento, sempre nos finais de tarde, haverá uma programação cultural com apresentação de bandas de músicas, bumba-meu-boi e shows com cantores maranhenses. No estande da Secretaria de Estado de Cultura (Secma) serão mostradas as novas mídias inseridas nos equipamentos culturais do estado e o público também terão acesso a objetos, fotos e vídeos que revelam saberes tradicionais.

 

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae), que também é parceiro do governo no evento trará em sua programação oficinais com foco na classe empresarial e um workshop sobre incubadoras, além de programações na área de agronegócio que acontecem em São Luís e no interior do estado, a exemplo de Imperatriz.

– Publicidade –

Outros destaques