Transporte gratuito para vítimas de violência deve sair

Uma lei municipal foi aprovada no ano passado que garante às vítimas de violência doméstica o acesso ao transporte coletivo urbano de forma gratuita e temporária. A medida foi adotada porque a maioria destas mulheres é de baixa renda.

Ocorre que, por uma série de motivos, esta medida ainda não entrou realmente me ação. Atualmente, 20 mulheres estão sendo avaliadas pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) para receber o cartão de transporte. Com o cartão, o beneficiado vai ter direito a quarto embarques por dia. A previsão é que o benefício comece a ser utilizado no dia 8 de março.

Confira a matéria na íntegra: