terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Universitária do Pará recebe ameaça de morte em rede social por ser negra

Uma estudante de engenharia ambiental de uma universidade do Pará, de 27 anos, registrou um boletim de ocorrência após receber ameaças de morte por ser negra. As mensagens foram enviadas por meio de redes sociais.

 

A vítima levou o caso à Polícia Federal e Polícia Civil. A PF informou que vai investigar o caso, mas que será difícil identificar o suspeito porque as mensagens foram postadas no próprio computador da jovem. 

 

Esse é o segundo caso recente de racismo nas redes sociais. Um casal de Muriaé, em Minas Gerais, se deparou ao entrar em seu perfil no Facebook com mensagens como “Onde comprou essa escrava?”. A menina, negra, tinha publicado uma foto com o namorado, que é branco.

– Publicidade –

Outros destaques