quinta-feira, 30 de junho de 2022

G10 Editora

Valor da cesta básica sofre queda em SL. Confira os produtos mais baratos!

O valor da Cesta Básica calculado pelo IMESC para o município de São Luís foi de R$ 262,29, no mês de junho de 2014. Comparando com o mês anterior, maio de 2014, o conjunto de gêneros alimentícios essenciais apresentou uma redução de R$ 2,40, ou seja, uma variação mensal de (-0,9%). 

Entre os 12 (doze) produtos que compõem a cesta, 08 (oito) itens contribuíram para a sua redução: a farinha (-19,6%), o feijão (-3,3%), o leite (-2,7%), o óleo (-1,9%), a carne (-1,8%), o pão (-1,7%), o açúcar e o café (-0,2%). Enquanto 04 (quatro) itens apresentaram aumento: o tomate (5,5%), a banana (4,8%),a manteiga (0,7%) e o arroz (0,1%). 

 

Sobre as 18 (dezoito) capitais, em que o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – DIEESE realiza mensalmente o cálculo da Cesta Básica, o valor para o mês de junho de 2014 foi: São Paulo (R$354,63), Florianópolis (R$353,76), Porto Alegre (R$351,36), Vitória (R$345,98), Rio de Janeiro (R$343,44), Curitiba (R$332,30), Manaus (R$332,15), Brasília (R$324,07), Belo Horizonte (R$319,84), Belém (R$318,46), Campo Grande (R$309,09), Recife (R$307,44), Fortaleza (R$298,01), Goiânia (R$295,12), Natal (R$292,49), João Pessoa (R$281,70) Salvador (R$278,97) e Aracaju (R$247,64). 

 

O trabalhador que ganha um salário mínimo, precisou comprometer 36,2% da sua renda no mês de junho de 2014, para adquirir os produtos que compõem a Cesta Básica. Restando apenas 63,8% do salário mínimo disponível para outras despesas como: habitação, vestuário, transporte, higiene, lazer, entre outras. Tomando como base uma jornada de trabalho de 220 horas, o trabalhador no mês de junho precisou laborar 79 horas e 42 minutos para obter um montante equivalente ao valor da Cesta Básica . 

– Publicidade –

Outros destaques