quinta-feira, 20 de junho de 2024

Visita Pet no Hospital dos Servidores Estaduais (HSE/HSLZ) em São Luís

O Hospital dos Servidores Estaduais (HSE/HSLZ) em São Luís recebeu um visitante diferente em suas instalações no bairro do Renascença: A cadela Nina, da raça Dachshund ou Teckel (conhecida como salsicha), de dois anos de idade e muito viva.

Mais que uma visitante, Nina serviu como uma verdadeira “transfusão de ânimo” em seu tutor, um paciente de 63 anos internado no HSE com quadro grave, após ser diagnosticado com um carcinoma; atualmente com dificuldades de se alimentar e fazendo uso de sonda nasogástrica.

A família, ao ver o paciente tão debilitado solicitou à direção do HSE / HSLZ que liberasse a visita da cadela Nina, na tentativa de promover mais alegria e melhorar o astral do paciente em sua longa internação, longe de casa e daqueles que mais ama.

O Diretor do Hospital do HSE/HSLZ Plínio Tuzzolo e uma equipe multidisciplinar do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) do hospital, sob a coordenação do psicólogo Paulo Vasconcelos, acolheram a solicitação da família, tomando todas as providências de segurança e para conseguir viabilizar a visita do amigo de quatro patas. O hospital customizou um protocolo de cuidados baseado nas regras da CCIH / Comissão de Controle de Infecções Hospitalares, que entre outras medidas, exigiu comprovação vacinal e ação de higienização do animal, e outros cuidados.

A visita da cadelinha Nina foi um sucesso e proporcionou muita alegria ao seu tutor, que logo ao ver o animal voltou a sorrir. Essa foi a primeira visita de um pet ao Hospital dos Servidores Estaduais, mas essa é uma prática que vem crescendo em diversos hospitais pelo mundo, com resultados imediatos e muito positivos no estado dos pacientes:

“É comprovada a eficácia da presença da família e dos animais de estimação na melhoria de quadros de pacientes graves, em especial aqueles em longas internações. O amor que existe entre um tutor e seu pet é algo similar ao dedicado a um familiar, e deve ser considerado no processo de tratamento e cura dos pacientes. O HSE/HSLZ tem como marca da nossa gestão a humanização, e assim, acolhemos com muita satisfação, mas também com muita responsabilidade sanitária esse pedido da família para recebermos a Nina no hospital. Foi um sucesso essa visita e o paciente de imediato melhorou seu ânimo para seguir com mais garra seu tratamento” declarou o Diretor do HSE/HSLZ Plínio Tuzzolo.

– Publicidade –

Outros destaques