domingo, 2 de outubro de 2022

Alunos do IEMA recebem escritora em palestra sobre escrita auto ficcional

A palestra interativa faz parte do projeto social “Sou Mulher e Muita Coisa”

Alunos do segundo ano do Ensino Médio do IEMA foram contemplados com uma palestra sobre “Escrita Auto ficcional”, como contrapartida social do projeto “Sou Mulher e Muita Coisa”, que conta com patrocínios da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério do Turismo / Secretaria Especial da Cultura.

A escritora e cineasta Milena Carvalho falou sobre sua experiência pessoal, de como descobriu o poder da escrita para curar dores e traumas, e ensinou conceitos básicos da redação autoficcional, espaço, tempo e como se dá a auto-representação na literatura, possibilitando momentos de troca, diálogo e rica vivência entre ela e os alunos participantes.

“O objetivo plenamente alcançado foi despertar o interesse dos estudantes pela leitura, pela busca do autoconhecimento, e, é claro, encorajar possíveis escritores das suas próprias realidades. Gratidão aos professores Jozenilma Matos e George Igor Cabral da Costa por nos cederem esse espaço de suas aulas” declarou Milena.

Os alunos participaram ativamente na hora em que Milena os convidou a escrever sobre os fatos mais marcantes de sua vidas. E gostaram da experiência:

“Foi muito legal e algo inovador ter contato com uma escritora e cineasta. Para quem gosta de ler e escrever assim como, foi uma experiência incrível. Eu penso que escrever e ler são formas de alcançarmos novos lugares e várias ideias, portanto sempre muito importante” disse Mayara Rhuanna Albuquerque Pereira, de 16 anos e aluna do ensino médio.

Para a professora de historia do IEMA, Jozenilma Matos mais que uma aula, a palestra serviu para ajudar os alunos no processo de autoconhecimento, fundamental para definir suas escolhas e futuras opções profissionais:

“Nessa palestra e oficina os alunos foram convidados por Milena a puxarem da memória e registrarem seus valores, e fatos marcantes de suas vidas. Isso ajuda a olhar para dentro de si e escrever sobre si mesmo de forma criativa, levando-os a uma reflexão profunda, além de estimular a leitura e a escrita. Foi muito rico para todos(as)” disse a professora.

– Publicidade –

Outros destaques