sábado, 4 julho, 2020
Início Assista Agora Familiares pedem doações para translado do corpo de jovem para Guiné

Familiares pedem doações para translado do corpo de jovem para Guiné

A passagem de Mamadou pelo Maranhão foi curta. Um ano e três meses, onde ele não pôde desfrutar aquilo que ele queria. Mamadou veio para o Brasil junto com outros 25 africanos de diversas nacionalidades. Eles foram encontrados a deriva na costa maranhense, quando foram resgatados e trazidos até o cais de São José de Ribamar. No entanto, Mamadou, o mais novo entre eles, apresentou problemas de saúde, que só se agravaram. Nos últimos dias de vida, apresentou pneumonia e desnutrição.

O corpo de Mamadou embarcou nesta terça-feira para São Paulo, onde vai esperar a liberação, para que possa ser enviado Aos familiares, que são de origem muçulmana. No entanto, isso só irá acontecer após o pagamento de todos os custos para o traslado, que são de 21 mil reais. Até o momento, um grupo solidário e que acompanha a situação dos africanos em São Luís conseguiu 6 mil reais.

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -