domingo, 25 de setembro de 2022

Organizações apresentaram o relatório, “Subsídios, Comércio e Cooperação Internacional”

OMC, OCDE e FMI apresentaram o relatório

O Fundo Monetário Internacional (FMI), a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Banco Mundial e Organização Mundial do Comércio (OMC) apresentaram o relatório, “Subsídios, Comércio e Cooperação Internacional”, divulgado em 22 de abril, a principal conclusão, que há necessidade de uma maior cooperação internacional para melhorar as informações e análises sobre subsídios e seu impacto, ou seja, trazer maior transparência, abertura e previsibilidade ao comércio global.
O relatório cita que: “Os subsídios parecem ser generalizados, crescentes e muitas vezes mal direcionados aos objetivos políticos pretendidos”, observa o relatório. “Além de levantar preocupações de eficiência econômica, essa situação está estimulando o uso de medidas unilaterais de defesa comercial, corroendo o apoio público ao livre comércio e contribuindo para graves tensões comerciais que impedem o progresso em outras prioridades comerciais globais.”
O relatório também aponta boas razões para intensificar a cooperação internacional neste momento com crises (pandêmica, guerra e alimentar). Sinaliza que as políticas industriais para promover setores “estratégicos” podem distorcer a concorrência internacional, especialmente contra países em desenvolvimento e com restrições fiscais. Além disso, com o aumento da frequência e complexidade dos subsídios distorcidos, mesmo com o aumento da necessidade de políticas ativas para lidar com situações de emergências.

Wagner Matos – economista

– Publicidade –

Outros destaques