sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

Auxílio Combustível Governo do Maranhão

“Países ocidentais falharam no controle do coronavírus”, diz escritor Niall Ferguson

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O historiador Niall Ferguson foi o entrevistado do Roda Viva desta segunda-feira (10).

Logo na abertura do programa, a apresentadora Vera Magalhães pediu para Fergunson fazer uma análise sobre o primeiro ano do combate da pandemia, que foi o principal assunto de seu último livro. Ele consegue ver aspectos positivos e negativos. Ao mesmo tempo que ele destaca a produção da vacina em tempo recorde, criticou as estratégias adotadas pelos países ocidentais.

“Se olharmos para 2020, poderíamos ter feito muito melhor. Alguns países agiram com rapidez, responderam rapidamente, criaram capacidade de testagem, foram capazes de usar o rastreio de contatos e quarentenas para evitar que o vírus se espalhasse antes de termos vacinas. A maioria dos países ocidentais não conseguiram fazer isso. Apenas alguns países asiáticos se saíram bem em 2020”, analisou.

Sobre os elogios, o historiador destaca a capacidade de criar imunizantes em um período de tantas mortes e lembra que a humanidade não foi capaz de fazer isso durante a epidemia da AIDS.

Participaram da bancada de entrevistadores Luciana Coelho, secretária-assistente de redação da Folha de S. Paulo; Carlos Graieb, repórter especial de O Antagonista; Claudia Trevisan, jornalista e escritora; Rinaldo Gama, coordenador de conteúdo do laboratório Arq.Futuro de cidades do Insper; Claudia Antunes, editora de internacional do Jornal O Globo.

– Publicidade –

Outros destaques