sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Petistas se manifestam contra filiação de Gastão Vieira no partido

Foto: Reprodução

A filiação do deputado federal Gastão Vieira no PT – que deve ser anunciada em breve – não foi bem aceita por alguns membros do partido. O principal entrave, segundo eles, é a incompatibilidade ideológica do parlamentar com o que a legenda defende.

“Neste momento, é muito importante que o PT se unifique contra a filiação de Gastão Vieira. Este deputado representa a força do Bolsonarismo. Sempre votou contra nós, trabalhadores. (…) É impossível viver com um quadro desse dentro do partido. É uma desmoralização. Vamos reagir, não vamos aceitar”, compartilhou a professora militante Mary Ferreira, uma das pessoas contrárias à filiação, em suas redes sociais.

Na postagem, o próprio Gastão respondeu, publicando um vídeo do ex-candidato à presidência pelo PT e amigo pessoal, Fernando Haddad. “Sou testemunha do empenho suprapartidário que você sempre fez em defesa da educação. (…)Você é defensor de causas, sobretudo as causas justas, que atendem à população e ao trabalhador de baixa renda. (…) É uma alegria enorme ver você assinar a ficha de filiação ao Partido dos Trabalhadores”, declara o professor, na gravação.

Recentemente, o deputado votou a favor do Projeto de Lei 6922/2002, o apelidado ‘PL do Veneno’ e, em 2019, a favor da Reforma da Previdência. Com o apoio do PROS a Weverton Rocha (PDT) para o governo do Maranhão, houve uma debandada do partido. Gastão foi um deles e, com a filiação ao PT, continuará com o apoio a Carlos Brandão (PSB) para a disputa.

– Publicidade –

Outros destaques