sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Receita Federal fiscaliza Correios e Aeroporto de São Luís

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil


A Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal na 3ª Região Fiscal (Maranhão, Piauí e Ceará), em conjunto com servidores da Inspetoria da Receita Federal em São Luís, realizou uma operação, de 24 a 27 de maio, no Centro de Distribuição dos Correios e no Aeroporto Marechal Cunha Machado.

A ação faz parte do trabalho constante de fiscalização que é realizado pelo órgão federal. Entre os itens que foram apreendidos durante os trabalhos, destaque para: smartphones de marcas diversas, vinhos portugueses e espanhóis, dezenas de anabolizantes, dezenas de perfumes importados, dezenas de cigarros eletrônicos, centenas de antigripais de origem chinesa, todos esses produtos sem documentação de origem e sem recolhimento de impostos. 

DROGAS

Foram apreendidos também entorpecentes, na ação que contou com o agente canino Ithor. Uma encomenda com 200 embalagens, partindo de Campo Grande – MS com destino à Açailândia – MA, chamou atenção do cão da raça pastor alemão, onde os servidores posteriormente encontraram 2kg cocaína envasada em comprimidos. 

Durante os quatro dias de operação, foram apreendidos um montante de aproximadamente R$ 400.000,00 reais. 

A Receita Federal executa o papel essencial de repressão, através de suas repartições aduaneiras, distribuídas por todo o território nacional, abrangendo uma área de 8,5 milhões de quilômetros quadrados, com a finalidade de proteger a sociedade ao executar a vigilância terrestre, aérea e naval, o combate ao contrabando, ao descaminho, à pirataria, ao tráfico ilícito de drogas, ao tráfico internacional de arma de fogo, ao tráfico de animais e a outros atos ilícitos relacionados ao comércio internacional, observadas, no que couber, as competências específicas de outros órgãos. 

– Publicidade –

Outros destaques