segunda-feira, 22 de julho de 2024

Suspeito de satanismo é preso por assassinar idosa, na Cidade Operária

Uma ação conjunta entre as Polícias Civis do Maranhão e Rio de Janeiro culminou na prisão de um homem suspeito de satanismo e homicídio, aqui na capital maranhense. O crime foi praticado em 2020, mas ele foi capturado no dia 17 de abril, última segunda-feira.

Investigações da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), em parceria com a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, chegaram a um homem de iniciais K.A.S.S, onde foi cumprido ao Mandado de Prisão Preventiva em desfavor pelo crime de Latrocínio (Roubo Seguido de Morte).

A vítima foi identificada como Joana Maria Diniz, de 66 anos. Ela foi morta no dia 27 de maio de 2020, ocasião em que o autor utilizou-se de uma escada para acessar a residência da vítima e praticar o crime.

A a idosa de 66 anos foi estrangulada com um pano de prato tendo sido encontrada sem vida no chão do quarto, na Rua Capricórnio, no bairro da Cidade Operaria, na capital maranhense.

Durante as investigações pode-se verificar que o suspeito fazia pequenos serviços pra vítima e mantinha em seu quarto imagens e símbolos relacionados ao ocultismo e satanismo.

No decorrer da investigação foi representado pela Prisão Preventiva do suspeito, que já se encontrava foragido até ser preso no Rio de Janeiro.

– Publicidade –

Outros destaques