sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

Auxílio Combustível Governo do Maranhão

ALEXA, O QUE É EXPERIÊNCIA DE VOZ?

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O título deste artigo poderia ser uma pergunta direcionada para a Alexa da Amazon ou para qualquer outro assistente de voz.

De acordo com a Ilumeo, 92% das pessoas que possui algum tipo de conhecimento de tecnologia conhece a tecnologia de voz, e destas, 87% já usou um assistente por voz pelo menos uma vez na vida.

O uso de tecnologias de voz está cada vez mais presente na vida dos brasileiros e isso impacta na rotina dos consumidores e representa uma oportunidade para entrega de experiência pelas marcas. Os assistentes de voz são softwares que utilizam inteligência artificial (IA) para conseguir responder a ordens de comandos e solicitações das pessoas. Por serem programas inteligentes, eles acabam “aprendendo” quais são as preferências dos seus usuários, estando mais aptos a resolverem novas tarefas com base no comportamento.

Hoje, os assistentes mais conhecidos no Brasil são a Alexa: aplicativo disponível para smartphones Android e iOS, e inserida na linha Echo Dot de smart speakers da empresa; a Siri: inserida gratuitamente na linha de dispositivos da Apple e o Google Assistente: aplicativo disponível de graça para smartphones Android e inserida na linha Google Nest de smart speakers da empresa.

E COMO AS MARCAS PODEM ENTREGAR EXPERIÊNCIA DO CLIENTE POR MEIO DOS ASSISTENTES DE VOZ?

Segundo a Revista Meio e Mensagem, as skills de voz oferecem às marcas novas possibilidades de interação com os clientes. Uma das oportunidades é no estreitamento do relacionamento da marca com seus clientes, por intermédio de experiências, dicas ou outras funcionalidades úteis.

Outro fator possibilitado é a de gerar oportunidades de vendas por meio também dos assistentes de voz. Alguns exemplos incluem a skill de meditação da Natura, a skill da Colgate, criada para incentivar crianças a escovarem os dentes de forma lúdica; a skill da Sadia, com receitas e dicas de preparos de seus produtos e a skill recém-lançada Desafio Jurassic World, feita pela Universal Studios para promover o filme da franquia, por meio de games.

Com a criação destas skills, a marca pode criar diferentes experiências com e também gerar possibilidades de pagamento e utilização de serviços / compras. De acordo com Talita Taliberti, country manager da Alexa no Brasil, a Amazon possui um site desenvolvido para desenvolvedores independentes, agências de desenvolvimento ou para as marcas que queiram criar diretamente suas skills.

O Alexa Skills Kit (ASK) é um hub online que fornece APIs e ferramentas para criação de skills. Qualquer empresa pode desenvolver sua skill e enviar para certificação. Pensar em ações que apoiem os clientes em suas jornadas de uso e consumo, será uma grande tendência para os próximos anos.

E a sua marca, está preparada para este novo mundo?

Fernando Coelho

Autor do livro Customer Experience Descomplicado e mais 4 livros. Doutorando em Ciências da Educação com pesquisa em Gamificação.  Mestre em Ciências da Educação com pesquisa em Tecnologias da Informação e Comunicação. MBA em Marketing, Especialista em Administração Estratégica e Especialista em Gestão e Docência do Ensino Superior. Professor de Pós-graduação da ESPM RIO e Coordenador e Professor dos Programas de Pós-Graduação em Gestão de Marketing, Inovação e Experiência do Cliente; Assessoria de Comunicação, Branding e Presença Digital; e Marketing Digital, Vendas e Comunicação Estratégica da UNDB. No mercado, atua como Coordenador de Relacionamento com o Cliente na Light Energia no Rio de Janeiro e Consultor de Marketing e Experiência do Cliente para Pequenos e Médios Negócios.

– Publicidade –

Outras publicações