domingo, 26 de junho de 2022

G10 Editora

Após afogamentos, número de salva vidas continua insuficiente em praias

Você deve se lembrar das mortes por afogamento na segunda-feira passada em São Luís. A situação nas praias continua perigosa. porque neste período a maré está mais alta e a segurança dos banhistas deveria ser reforçada pela presença de homens do Corpo de Bombeiros, mas o número ainda é insuficiente.

– Publicidade –

Outros destaques