quarta-feira, 30 de novembro de 2022

Evento beneficente e cultural para a sambista maranhense Patativa marca o sábado na Praia Grande

Com iniciativa do coletivo Cadê o Circo, o evento solidário com vasta programação cultural dedicado à sambista maranhense Patativa, intitulado “Cadê o Circo Festeja Patativa”, acontece no sábado, 14/05, a partir das 17h, no Teatro Cazumbá, na Rua Portugal.

A ação tem caráter beneficente em prol da saúde da cantora e compositora de samba, Maria do Socorro Silva, conhecida como Patativa. De acordo com o cantor e compositor Beto Ehong, “Patativa tem muita importância para a nossa cultura. Ela é uma mulher negra de origem pobre, que continua pobre, teve reconhecimento no Brasil, quando em 2014 gravou o primeiro disco, com a força de Zeca Baleiro. Neste sábado vamos celebrar a arte dela”, pontuou.

PATATIVA

O nome artístico Patativa faz alusão ao canto do pequeno pássaro amazônico. Para ela, o samba é sua predestinação e dom. Apesar de se apresentar como sambista, Patativa é compositora versátil, cuja obra inclui músicas de vários gêneros musicais.

SOBRE PATATIVA

Além do dom, a cantora e compositora tem uma história de persistência. Somente em 2014, aos 77 anos, ela lançou o primeiro álbum, “Ninguém é melhor do que eu”, produzido por Zeca Baleiro e lançado pelo selo, Saravá Discos, do artista conterrâneo.

O álbum “Ninguém é melhor do que eu” foi cartão de visitas que apresentou ao Brasil esta sambista, até então conhecida somente no universo musical maranhense. Em 2019, lançou o segundo álbum, Sou de pouca fala.

ATRAÇÕES DA NOITE

Entre as atrações confirmadas, por meio de parceria com a Secretaria de Cultura do Município, Boi da Floresta e do GDAM, além da participação de vários artistas maranhenses: Tambor da Lua, DJ Pedro Sobrinho, DJ Vanessa Serra, Luiz Júnior Violonista, Rosa Reis, Emanuele Paz, Marcos Magah, MC Alcino, Criola Beat, Vortice, Núbia, Adnon Soares, Chico Nô e GDAM e Beto Ehong.

Sobre o Coletivo Cadê o Circo

Por meio da festividade, o coletivo Cadê o Circo visa destacar a cultura popular e obra de Patativa. O grupo composto por artistas, produtores culturais, comunicadores e pessoas que tenham afinidade com a arte ganhou destaque após divulgação do manifesto que pede o retorno do Circo da Cidade.

Em 04 meses de atuação, O coletivo já traçou debates com a sociedade e a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, convidando todos a participarem do resgate do circo.

DOAÇÕES

As doações podem ser efetivadas por meio do Pix da família: 02721087312 de Wandermaria J. Silva.

Com informações da Ascom.

– Publicidade –

Outras publicações