terça-feira, 4 de outubro de 2022

Exposição reúne fotos inéditas, indumentárias e acervo pessoal de Elke Maravilha

foto ccvm

Com curadoria de Gabriel Gutierrez e Ubiratã Trindade, a mostra será aberta nesta terça, 17, às 19h, no Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) e reúne fotos inéditas, indumentárias, perucas, acessórios, vídeos e acervo pessoal de uma das mais emblemáticas artistas do Brasil.

Elke em cartaz no CCVM até 30 de setembro. Foto: CCVM

“Da criação estética explícita de Elke, nasce uma ética construída para dar luz a tudo que pudesse ter um significado. Esta exposição é um tributo a essa visão, focada em Elke enquanto artista e pensadora. Elke propôs uma forma de estar no mundo única. E para além, compartilhou e esclareceu de forma generosa seu pensamento sobre temas diversos como a morte, o masculino e o feminino, o papel da comunicação de massa e a criação estética para quem quisesse ouvir. Elke colocava a percepção das coisas de cabeça para baixo, e assumia o lugar de farol, já que se expressava sobre assuntos que, em sua época, eram considerados tabus”, afirma Gabriel.

De origem alemã, Elke nasceu Elke Grünupp. Ela foi uma modelo, jurada, apresentadora e atriz, vindo a falecer em 2016, aos 71 anos, na cidade do Rio de Janeiro.

ELKE fica em cartaz no CCVM, de terça a sábado, das 10h às 19h, até o dia 30 de setembro. E, em breve, estará disponível para todo o Brasil por meio de um tour virtual aqui no site do CCVM.

– Publicidade –

Outras publicações