Mãe morre baleada para salvar filho de ser executado por bandidos no Maranhão


O amor de mãe falou mais alto! Uma mulher, identificada como Maria Lima Pinto, morreu para salvar o filho. A história trágica aconteceu na cidade de Alto Alegre do Maranhão, distante 205 km da capital maranhense.

O caso foi no último domingo (10), quando mãe e filho, que não teve o nome revelado ainda, estavam em casa, no momento em que dois homens chegaram para executar o rapaz.

Os suspeitos, identificados como “Gugu” e “Loucão”, invadiram a casa, sacaram as armas e apontaram para o filho de Maria Pinto.

Em um ato de desespero, a mulher se jogou na frente do filho e foi baleada pelos suspeitos, que após os tiros, fugiram.

De acordo com informações da polícia, a vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Os autores do crime ainda não foram localizados, mas a polícia realiza buscas para prender os suspeitos.

A polícia ainda investiga o crime para saber qual a motivação do assassinato, que teria o filho da vítima como alvo.