G10 Editora

Mais de 8 mil vagas de emprego foram criadas no primeiro trimestre no Maranhão

O Maranhão gerou 3.918 novos empregos de carteira assinada durante o mês de agosto, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego (Caged), que mede o nível do emprego formal celetista a partir dos desligamentos e admissões nas empresas.

 

Segundo o resultado, nos últimos três meses, a criação de novos postos de trabalho chegou a 8.538. Entre os setores que tiveram destaque estão a Construção Civil, Comércio e Serviços, seguindo a tendência nacional de crescimento da geração de emprego, que também registrou o melhor resultado no mesmo período. O Norte e o Nordeste foram as regiões que abriram mais vagas de emprego durante agosto em todo o país.

 

De acordo com o secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, Márcio Antônio Sampaio, a tendência de crescimento do emprego no Maranhão tem sido observada desde o mês de junho. “O Estado acumulou bons resultados nos últimos três meses”, enfatizou o secretário.

 

O aumento em nível de emprego no Maranhão deve ter continuidade, segundo o título da pasta do Trabalho e Economia Solidária. O quadro de novas oportunidades empregatícias deve sofrer variação positiva com o início do período de contratações temporárias para o fim de ano.

– Publicidade –

Outros destaques