sábado, 16 novembro, 2019
Início Manchete Maranhão tem crescimento expressivo em educação desde 2015, diz IOEB

Maranhão tem crescimento expressivo em educação desde 2015, diz IOEB

Os números do Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB) apontaram que o Maranhão obteve crescimento expressivo, na área da educação, desde 2015, com avanço significativo ao longo da série histórica (2015 a 2019). O estudo, que avalia a qualidade da educação básica – da educação infantil ao ensino médio, foi elaborado pela Comunidade Educativa Cedac, com base em dados oficiais tabulados pela consultoria Metas Sociais.

O IOEB é formado a partir da relação de dois grupos: insumos educacionais, ou seja, fatores essenciais para um bom resultado educacional e resultados educacionais, sejam eles de atendimento, de aprendizado ou de aproveitamento escolar.

O Maranhão saltou de 3,6 em 2015 para 4,4 em 2019, segundo dados publicados no portal do IOEB (ioeb.org.br). A média maranhense coloca o estado à frente de outras unidades que recuaram no índice, tais como: Espírito Santo, cuja média caiu de 4,7 em 2015 para 4,0 em 2019; Ceará, que teve queda de 4,6 (2015) para 4,1 (2019), e Paraná, que caiu de 4,9 em 2015 para 4,2. Também diminuíram a média Goiás e Minas Gerais.

Ao contrário de outros estados que não tiveram melhora expressiva ou até recuaram desde 2015, o IOEB do Maranhão cresceu a cada ano da avaliação, saindo de 3,6 em 2015 para 3,8, em 2017 e, em 2019, alcançou a média 4,4.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão atribuiu o desempenho do Maranhão aos investimentos que o Governo do Estado vem realizando na educação desde 2015. “Trabalho coeso, liderado pelo governador Flávio Dino, e realizado por toda a nossa equipe. Uma educação pública de qualidade é possível e estamos no caminho certo”, enfatizou.

Felipe Camarão ressaltou que o avanço é resultado do programa Escola Digna, que tem como eixo de atuação o regime de colaboração com municípios com a construção de escolas, apoio ao transporte escolar, formação e assessoria técnico-pedagógica; pacto com as prefeituras municipais pela aprendizagem desde os anos iniciais da educação básica; expansão das escolas de tempo integral; melhorias dos ambientes escolares; valorização dos professores; acompanhamento das rotinas pedagógicas nas escolas; investimentos em formação continuada, entre outras. “Ações que colocam a educação como área prioritária do governo Flávio Dino, por ser o caminho para a melhoria da vida das pessoas”, concluiu.

Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

Casal morre em colisão de moto e ônibus na Estrada da Raposa

Duas pessoas morreram em um acidente ocorrido na manhã deste sábado (16), na Avenida dos Holandeses, na trecho conhecido como Estrada do Araçagy, no...
- Publicidade -