domingo, 25 de setembro de 2022

Polícia prende homem que aplicava “golpe fácil de consórcio” de veículos

Em uma ação realizada na região do bairro do Turu, em São Luís, a Polícia Civil prendeu um homem de 37 anos, suspeito pelo crime de estelionato através do golpe fácil de consórcio de veículos. A prisão foi realizada pela Delegacia do Consumidor.

Segundo as investigações, os consumidores eram atraídos por vendedores da + Cred Soluções Financeiras em anúncios nas redes sociais e plataformas de vendas online, com oferta de veículos abaixo do valor de mercado. Nas divulgações, geralmente constavam exigência de valor de entrada, simulando contrato de financiamento.

O esquema criminoso visando oferecer credibilidade as vítimas, de forma fraudulenta, utilizava fotos de veículos que realmente estavam sendo vendidos em lojas ou anunciantes na capital. Os consumidores eram induzidos a celebrar contratos de consórcio a empresa que não tinha autorização pelo Banco Central para atuar no sistema financeiro.

Os vendedores encenavam falsas entregas dos veículos e assim obtinham mais vantagens ilegais. Quando os consumidores solicitavam vistoria dos veículos que, em tese, estavam sendo comprados, os vendedores informavam que o bem já havia sido negociado, mas que possuíam outro com as mesmas características, preço e prazo de entrega.

Vale ressaltar que no início desse mês, o Ministério Público do Maranhão determinou a suspensão das atividades de pelos duas empresas, sendo uma em São Luís e a outra situada em São Paulo, que atuavam na venda fraudulenta de contratos de consórcio na capital maranhense.

O preso, após atender aos procedimentos de praxe na Delegacia do Consumidor, foi encaminhado à Central de Inquéritos e Custódia da capital onde dever aguardar um parecer da justiça.

– Publicidade –

Outros destaques