sábado, 4 de fevereiro de 2023

Porto do Itaqui movimenta mais de 33 milhões de toneladas de carga

Com 33,610 milhões de toneladas de cargas movimentadas, o Porto do Itaqui registrou crescimento de 8% em relação a 2021 e de 4% sobre o planejado pela EMAP – Empresa Maranhense de Administração Portuária. Os granéis sólidos foram o grande destaque do ano de 2022, com 23 milhões de toneladas movimentadas, o que representa uma alta de 19% em relação a 2021 e 11% acima do planejado pela EMAP.

Dentre os granéis sólidos, a soja e o milho tiveram a maior movimentação anual da história do porto público do Maranhão, com 11,2 milhões de toneladas e 6,6 milhões de toneladas, respectivamente. A exportação de celulose produzida pela fábrica da Suzano no Maranhão também superou a marca histórica, com 1,705 milhão de toneladas.

O último mês do ano foi o melhor dezembro no Itaqui, com 2,564 milhões de toneladas movimentadas, 57,5% superior ao planejado para o mês e 47% acima do mesmo período de 2021, impulsionado principalmente pela exportação de milho (1,075 milhão de tons).

“Esses números demonstram a manutenção da curva de crescimento do porto público do Maranhão e reafirmam o seu papel como hub regional e nacional em uma série de cargas. Os resultados de 2022 refletem um grande trabalho da equipe EMAP e de toda a comunidade portuária em suas diversas cadeias produtivas, bem como nos investimentos tanto com recursos da autoridade portuária quanto da iniciativa privada”, afirma o diretor de Operações do Porto do Itaqui, Jailson Luz.

Com certificações que atestam excelência na gestão da Qualidade (ISO 9001), do Meio Ambiente (ISO 14001), da Segurança da Informação (ISO 27001) e da Segurança e Saúde Ocupacional (ISO 45001), o Itaqui foi reconhecido com o primeiro lugar no Prêmio CIDESPORT de Porto Público com Maior Número de Certificações ISO, à frente dos portos de Suape (PE) e São Francisco do Sul (SC).

Reconhecimento

O Porto do Itaqui recebeu outras premiações ao longo do ano e dentre as mais importantes está o Prêmio de Excelência da Indústria Portuária em 2022, na categoria Desenvolvimento de Infraestrutura Portuária, concedido pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

No Prêmio Portos + Brasil, concedido pelo Ministério da Infraestrutura, a gestão do Porto do Itaqui foi reconhecida em quatro categorias: 1º lugar em Execução de Investimentos Planejados; 1º lugar em Variação do lucro operacional Ebtida; 1º lugar no Ranking do Índice da Gestão das Autoridades Portuárias e 2º lugar em Crescimento da Movimentação de Cargas dos Portos Públicos.

Além desses, também recebeu em 2022 o Prêmio Ser Humano Oswaldo Checcia – Categoria Setor Público e o Prêmio Valoriza Mulher, do Tribunal de Justiça do Maranhão, que reconhece organizações que atuam no combate à violência contra a mulher.

Investimentos

A gestão da EMAP tem concentrado esforços para atingir os melhores resultados por meio de investimentos em infraestrutura e tecnologia. Dentre as principais iniciativas estão obras estruturais e de expansão, capacitação das equipes, modernização de processos e o fortalecimento do programa de inovação.

Os números positivos, que vêm em uma sequência de superação de marcas históricas nos últimos oito anos, são fruto da capacidade da EMAP em combinar investimentos próprios na expansão da infraestrutura do porto com a atração de investimentos privados, o que gera emprego, renda e desenvolvimento para o Maranhão.

Os investimentos em infraestrutura no Porto do Itaqui somam R$ 2 bilhões, entre recursos públicos e privados aplicados de janeiro de 2019 até o momento. Em 2022, a EMAP lançou um plano de investimentos no valor de mais de R$ 500 milhões em um conjunto de obras que visam elevar a capacidade de movimentação de cargas do porto para além de 40 milhões de toneladas/ano até 2025.

– Publicidade –

Outros destaques