quinta-feira, 30 de junho de 2022

G10 Editora

Quatro mortes foram registradas na última terça

Os crimes aconteceram em diversos pontos de São Luís.

 

O primeiro assassinato aconteceu pela manhã, na Avenida 4, do bairro do Maiobão, em Paço do Lumiar. A vítima deste crime foi o subtenente da PM, Emiliano Júnior, de 49 anos. Ele foi morto por duas pessoas durante um assalto a uma padaria do bairro.

 

Os suspeitos do crime foram presos minutos depois e autuados em flagrante por homicídio. Um deles é adolescente.

 

Já pela noite, na Avenida Principal do Conjunto Nova Terra, em São José de Ribamar Udson Silva Santos, de 17 anos, foi executado com quatro tiros. Os disparos foram efetuados por duas pessoas que estavam em uma moto. Eles fugiram após o assassinato e ainda não foram identificados. QUATRO TIROS, DOIS

 

Na Rua do Aririzal, no bairro da Cohama, o corpo de José de Ribamar Louzeiro, mais conhecido como “Mancha Negra”, de 47 anos, foi encontrado em um terreno baldio. De acordo com informações de peritos do Instituto Médico Legal (IML), perfurações de bala foram encontradas no cadáver da vítima.

 

No bairro Santos Dumont, uma perseguição policial terminou na morte do jovem Francisco de Assis Gonçalves Santos, de 28 anos. O rapaz, que morava na Vila Riod, estava em companhia de outras quatro pessoas, duas mulheres e dois homens, todos adolescentes.

 

Os cinco roubaram um veículo GM Corsa Classic, e saíram em disparada. Uma viatura da Polícia Militar entrou em perseguição. Quem conduzia o carro roubado era Francisco, que em dado momento da perseguição, parou o veículo, desceu com uma arma em punho e iniciou um tiroteio com os policiais militares.

 

Francisco foi alvejado e morreu no local. Os outros quatro suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Cidade Operária (Decop). Os apreendidos tem idade de 12, 15, 16 e 17 anos.

– Publicidade –

Outros destaques