São Luís recebe placas para delimitar território


As fronteiras entre os municípios que estão localizados na Ilha de São Luís já começam a ser delimitadas. Um projeto, executado pela Agência Executiva Metropolitana (AGEM), está colaborando na resolução de um problema histórico da Grande São Luís, que é definir os pontos limites entre os quatro municípios da região (São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa).

As placas de delimitação das divisas dos municípios já avançam para a finalização da primeira etapa, que corresponde a uma vistoria nos bairros Vila Luizão e Santa Rosa, ambos entre São Luís e São José de Ribamar.

Com isso, a proximidade da conclusão da primeira etapa, as equipes já iniciaram a vistoria seguinte, ainda entre São Luís e São José de Ribamar, que abrange a instalação de placas limítrofes nos bairros Bom Jardim, Parque Vitória, Canudos, Terra Livre, Alto Itapiracó, Trizidela, Cohatrac, Jardim das Margaridas e Estrada da Maioba.

De acordo com o presidente da AGEM, Lívio Jonas Mendonça Corrêa, os pontos que fazem limites entre São Luís/São José de Ribamar; São José de Ribamar/Paço do Lumiar e Paço do Lumiar/Raposa receberão placas indicativas. “Todas contam com coordenadas geográficas, para que a posição possa ser identificada com GPS”, revela Lívio Corrêa.

O presidente da Agem destaca, ainda, que a instalação das placas de identificação territorial dos municípios vai colaborar para resolver o problema de cobrança de impostos, visto que os limites municipais estarão bem definidos.

“Há situações em que, em uma mesma casa, chegam boletos de São Luís e de São José de Ribamar. Isso se torna um problema para os moradores e, também, para o repasse de verbas estaduais e federais”, destacou.

Próximas etapas

Após a finalização da vistoria na Estrada da Maioba, o projeto segue para a uma segunda área, que corresponde aos bairros limites entre São José de Ribamar e Paço do Lumiar.