São Luís tem dezembro mais chuvoso dos últimos 25 anos e vai chover mais

Dezembro é um mês normalmente de pouca chuva nas capitais do Nordeste, mas dezembro de 2018 vai terminar com chuva acima da média histórica em quase todas as capitais nordestinas. Em São Luís, Teresina, Salvador, Fortaleza e em Natal choveu mais que o dobro da média normal, o que torna este dezembro realmente excepcional.

Na escala anual, dezembro está entre os meses mais secos do ano, com uma das menores médias de chuva mensais nas capitais do leste do Nordeste, de Natal a Salvador. Para Salvador, Aracaju e Maceió, dezembro é o mês com menor média de chuva do ano. Em Recife também chove pouco e a média de chuva fica em torno dos 55 mm.

Para as capitais da faixa norte do Nordeste como São Luís, Teresina e Fortaleza, dezembro é o início do início do período úmido.

São Luís tem dezembro mais chuvoso em 25 anos

Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, do dia 1 até 10 horas desta sexta-feira (28) choveu 210,4 mm em São Luís, 190% acima da média normal (quase três vezes mais) que é de aproximadamente 72 mm.

Os registros históricos do INMET mostram que a capital do Maranhão está tendo o dezembro mais chuvoso em 25 ano, desde 1993, quando choveu 262,8 mm em dezembro. Em dezembro de 2017 São Luís recebeu 63,2 mm. Nos anos 2000 só choveu mais do que 100 mm em dezembro em 2005, que teve um total de 158,1 mm de chuva.

Teresina tem dezembro mais chuvoso em 17 anos

Pelos registros do Instituto Nacional de Meteorologia em 27 dias de dezembro choveu aproximadamente 370 mm em Teresina, quase quatro vezes mais do que a média normal para um dezembro, que é de 100 mm. Este está sendo o dezembro mais chuvoso pelo menos em 17 anos, desde 2001.

O histórico de dados meteorológicos do INMET que está disponível publicamente abrange o período desde 1961 até os dias atuais. Mas para Teresina faltam dados de vários anos e por isso não foi possível fazer uma pesquisa mais ampla sobre os dezembros com chuva volumosa. Mesmo assim, muito provavelmente dezembro de 2018 ficará entre os 5 mais chuvosos em Teresina pelo menos desde 1960.

Um dos dezembros mais chuvosos da capital do Piauí foi o de 1963 que teve um acumulado de 307,6 mm. No ano de 1962, choveu 265,3 mm em Teresina e em dezembro de 2009 choveu 226,7 mm.

Mais de 100 mm em Salvador e em Fortaleza

Pelos cálculos do INMET, a média de chuva para dezembro em Salvador é de 58 mm e em Fortaleza, 43 mm. Chover 100 m em dezembro nestas capitais significa chover o dobro do normal e é o que ocorre em dezembro de 2018.

Em 27 dias, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 149,0 mm de chuva em Salvador, 156% acima da média histórica. Dezembro de 2018 é o dezembro mais chuvoso na capital da Bahia pelo menos desde 2014 quando choveu 194,2 mm. Em dezembro de 2017, Salvador acumulou 83,0 mm de chuva.

Em Fortaleza, em 27 dias, choveu 106,9 mm, 146% acima da média normal para o mês. Dezembro de 2018 é o dezembro mais chuvoso pelo menos desde 2001 que teve um acumulado de 106,9 mm. Não foi possível fazer uma pesquisa mais abrangente por causa de falhas nos dados do INMET no ano 2000. Em dezembro de 2017 choveu 20,7 mm.

Fim de 2018 e virada para 2019

Os últimos dias de 2018 serão com predomínio de sol e tempo seco em Salvador e no nordeste da Bahia, em Sergipe, Alagoas, Pernambuco e na Paraíba. Para a sexta-feira, 28 de dezembro, sábado, 29, e domingo, dia 30, tem previsão de pancadas de chuva com raios sobre quase todo o interior da Bahia, do Piauí e do Maranhão. Algumas pancadas de chuva podem ocorrer no litoral do Ceará. Na segunda-feira, 31 de dezembro, pode chover em Natal e em vários locais do interior do Rio Grande do Norte.

Na virada para 2019, o tempo fica firme em todo o litoral desde e João Pessoa até Salvador. É alto o risco de chuva no litoral entre Natal e São Luís.

 

Com informações do Climatempo