quinta-feira, 29 de setembro de 2022

Sequestro relâmpago: bandidos conseguem extorquir R$ 11 mil de vítima

Um crime que vem se tornando comum na Grande Ilha de São Luís: o sequestro relâmpago. Na noite do último sábado (20), um homem foi vítima da prática criminosa, na Rua Cantanhede, no bairro Jardim Eldorado, em São Luís.

De acordo com informações policiais, o homem estava dentro do carro, que estava estacionado na porta de uma casa. Ele esperava a filha, que participava de um evento, momento em que foi surpreendido por cinco criminosos em um GM Onix, de cor prata.

Os bandidos entraram no carro da vítima e amarraram as mãos dela. Ele foi colocado no banco traseiro, ao lado de três criminosos que estavam armados com um revólver.

Os criminosos se apossaram do celular da vítima e fizeram uma transferência bancária via Pix de R$ 900. Em seguida, passaram a ligar a seus contatos exigindo dinheiro para libertá-lo.

Em duas extorsões, os criminosos conseguiram R$ 10 mil com um dos contatos da vítima e R$ 1 mil com outro. Após as extorsões, os criminosos foram até a Rua dos Sapotis, no Jardim Renascença, onde deixaram a vítima com veículo, mas levaram seu aparelho celular Samsung.

O homem conseguiu auxílio com o porteiro de um prédio nas proximidades e solicitou um Uber, que o levou para casa.

A polícia informou que todos os Pix foram encaminhados em nome de uma pessoa que já foi identificada.

O caso está sendo investigado pela polícia, que, até o momento, não localizou os criminosos.

– Publicidade –

Outros destaques