terça-feira, 16 de julho de 2024

Conselho de Sentença absolve acusado de homicídio em Viana

Em Júri realizado na última semana, o Conselho de Sentença decidiu pela absolvição do réu Plácido Cutrim Muniz. Ele estava sendo julgado sob acusação de ter matado Hans Muller, no dia 24 de junho de 2012. O motivo, conforme apurado pela polícia, seria o fato de que a vítima teria, supostamente, furtado um balde e uma blusa do quintal de Plácido. Conforme relatou a polícia em inquérito, um tio e vizinho da vítima teria escutado o barulho de um disparo de arma de fogo, que viria do quintal de Hans.

Em seguida, ouviu mais um estampido, e barulho de alguém gemendo. Ato contínuo, a testemunha afirmou que correu até o quintal da casa da vítima, encontrando-a agonizando encostada em uma pia da cozinha.

Foi investigado, ainda, que Plácido Cutrim estaria já aguardando Hans Muller sair no quintal, onde ele o esperava de arma em punho. A polícia encontrou uma espingarda, do tipo bate-bucha, na casa do denunciado. Segundo o Ministério Público, a autoria e a materialidade do delito ficaram devidamente comprovadas no processo, através de testemunhas e do exame cadavérico. Daí, ofereceu denúncia à Justiça, por homicídio duplamente qualificado.

No plenário da sessão que teve Plácido como réu, estiveram presentes diversos alunos do IEMA. Os estudantes assistiram o júri por iniciativa da diretoria da escola.

– Publicidade –

Outros destaques