terça-feira, 22 de junho de 2021

Arraial Live Guará - Falta 1 dia
Críticos da Olimpíada apresentam petição solicitando cancelamento

Críticos da Olimpíada apresentam petição solicitando cancelamento

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Críticos dos planos do Japão para realizar a Olimpíada de Tóquio apesar de uma quarta onda de infecções de coronavírus apresentaram nesta sexta-feira (14) uma petição assinada por 350 mil pessoas ao longo de nove dias em que solicitam o cancelamento do evento.

Kenji Utsunomiya, que organizou a campanha “Impeçam a Olimpíada de Tóquio”, disse que o festival esportivo global – já adiado em 2020 devido à pandemia de coronavírus – deveria acontecer somente quando o país puder receber visitantes e atletas de braços abertos.

“Não estamos nesta situação, e portanto os Jogos deveriam ser cancelados”, disse ele em uma coletiva de imprensa. “Recursos médicos preciosos precisariam ser desviados para a Olimpíada se ela for realizada.”

A petição foi entregue aos chefes dos comitês Olímpico e Paralímpico, assim como à governadora de Tóquio, Yuriko Koike.

O pedido veio no dia em que o Japão acrescentou três municípios a um estado de emergência que já cobre Tóquio, Osaka e outros quatro municípios em meio a uma disparada no número de casos exatamente 10 semanas antes da abertura dos Jogos, agendada para 23 de julho.

Indagada sobre a campanha contra os Jogos, Koike disse que trabalhará para uma Olimpíada “segura e protegida”.

Entre as novas áreas sob estado de emergência está o município de Hokkaido, onde a maratona olímpica ocorrerá, que relatou uma alta recorde de 712 casos novos de coronavírus na quinta-feira.

O Japão tem cerca de 656 mil casos confirmados e 11.161 mortes.

– Publicidade –

Outros destaques