sexta-feira, 27 de maio de 2022

G10 Editora

Índice de Preços ao Consumidor (IPCA-15) começa o ano em queda

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O IBGE divulgou o Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que é a prévia da inflação, a leitura da inflação é com base no período a partir do 15 do mês anterior (dezembro/21) até 16 do mês corrente (janeiro/22).

O IPCA-15 desacelerou para 0,58% em janeiro, após a alta de 0,78% em dezembro. Já nos últimos 12 meses, o indicador acumula alta de 10,20%, abaixo dos 10,42% observados nos 12 meses anteriores. Em janeiro de 2021, a taxa foi de 0,78%.

Oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta em janeiro. A exceção desse resultado foi influenciado pelo recuo nos transportes (-0,41%), principalmente, com a queda nos preços da gasolina (-1,78%), das passagens aéreas (-18,21%), etanol (-3,89%) e o gás veicular (-0,26%) também tiveram variações negativas no período.

O maior impacto no índice do mês (0,20 p.p.) foi de Alimentação e bebidas (0,97%), que acelerou frente ao mês anterior (0,35%). Na sequência, vieram Saúde e cuidados pessoais (0,93%) e Habitação (0,62%), que contribuíram com 0,12 p.p. e 0,10 p.p., respectivamente. Já as maiores variações foram de Vestuário (1,48%) e Artigos de Residência (1,40%).
Os demais grupos ficaram entre o 0,25% de Educação e o 1,09% de Comunicação.

– Publicidade –

Outros destaques