sábado, 16 janeiro, 2021
Início Polícia Polícia Militar desmente ataques a escolas em Paço do Lumiar

Polícia Militar desmente ataques a escolas em Paço do Lumiar

A Polícia Militar emitiu uma nota de esclarecimento para desmentir uma fake news que vem circulando em aplicativos e redes sociais. Segundo o áudio, uma guarnição do guarnição do Serviço de Inteligência da Corporação teria ido à UEB Paulo Freire, no município de Paço do Lumiar, alertar o corpo docente da escola sobre uma eventual seita que estaria raptando crianças para matar.

“Se realmente alguma pessoa se dirigiu a escola e se identificou como policial militar do Serviço de Inteligência, a intenção foi a de causar pânico e transtornos à comunidade escolar, fato que mobilizou o Sistema de Segurança Pública do Estado a investigar a veracidade das informações e identificar os responsáveis”, afirma a nota.

A Polícia também tratou de reforçar que as crianças e os adolescentes devem ser protegidos por seus responsáveis. “Vale ressaltar que os cuidados relacionados à segurança de crianças e adolescentes devem ser reforçados e tomados por seus responsáveis em qualquer situação”, encerrou.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA

A Polícia Militar do Maranhão, através do Comando de Segurança Comunitária / Batalhão Escolar, vem a público esclarecer que não procede a informação de que uma guarnição do Serviço de Inteligência da Corporação teria ido à UEB Paulo Freire, no município de Paço do Lumiar, alertar o corpo docente da escola sobre uma eventual seita que estaria raptando crianças para matar, áudio gravado e divulgado em grupos de aplicativo whatsapp, por uma senhora que se identificou como professora Natália.

Que, se realmente alguma pessoa se dirigiu a escola e se identificou como policial militar do Serviço de Inteligência, a intenção foi a de causar pânico e transtornos à comunidade escolar, fato que mobilizou o Sistema de Segurança Pública do Estado a investigar a veracidade das informações e identificar os responsáveis.

Vale ressaltar que os cuidados relacionados à segurança de crianças e adolescentes devem ser reforçados e tomados por seus responsáveis em qualquer situação.

 

São Luís, 21 de setembro de 2018

 

Cel QOPM Maria Augusta de Andrade Ribeiro

Comandante de Segurança Comunitária da PMMA

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -