quarta-feira, 12 de maio de 2021

Programa Adote um Casarão cria novos negócios no Centro Histórico de São Luís

Programa Adote um Casarão cria novos negócios no Centro Histórico de São Luís

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Um casarão histórico localizado na Rua da Estrela, em São Luís, está sendo reformado pelo Programa Adote um Casarão. Depois de revitalizado, no local funcionará um call center e um polo tecnológico. A primeira etapa das obras, que tem como adotante a empresa TVN, está com 90% dos trabalhos concluídos.

O Adote um Casarão é um programa do Governo do Estado, executado pela Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), que faz parte de um programa mais amplo, o Nosso Centro. Disponibiliza, por meio de editais, imóveis no Centro Histórico de São Luís, que estejam subutilizados ou estejam vazios. O adotante, em contrapartida, deve revitalizar e manter atividade no local.

Segundo o secretário da Secid, Márcio Jerry, o objetivo é dar nova dinâmica a essa área da cidade.

“Um prédio público que estava em desuso, agora vai atender milhares de pessoas, gerando emprego e renda, quando estiver reformado. Essa iniciativa faz parte de um conjunto imenso de atividades implementadas pelo governador Flávio Dino para repaginar e dinamizar a região central da cidade e preservar nossa história”, destacou Jerry.

Quando estiver pronto, o prédio da Rua da Estrela vai abrigar o Centro de Desenvolvimento da TVN e as instalações do Curso de Ciências da Computação da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

Depois de revitalizado, funcionará um call center e um polo tecnológico

“Estamos projetando mais de 120 empregos diretos. A previsão é de que o Casarão receba um público diário de cerca de 220 pessoas, entre colaboradores, pesquisadores, público externo e professores e alunos da UEMA”, enfatizou o diretor da TVN, José Augusto Diniz.

O projeto do espaço prevê um destinado à área de Tecnologia da Informação, sala de treinamento e reuniões, ambiente de descompressão, copa e banheiros novos. Atualmente, as obras incluem a instalação de iluminação e mobília.

Segundo o coordenador das ações do Nosso Centro na Secid, Daniel Sombra, além da reforma, a iniciativa traz inúmeros benefícios. “Além da recuperação do patrimônio arquitetônico, a intenção principal do programa é estimular o uso sustentável da região central, fomentando a geração de emprego, atraindo novos fluxos e ampliando a economia local”, pontuou.

– Publicidade –

Outros destaques