sexta-feira, 30 de setembro de 2022

Programação anual de selos comemorativos e especial de 2023 retrata diversidade do país

O Ministério das Comunicações (MCOM) homologou os oito motivos que estarão presentes na Programação Anual de Selos Comemorativos e Especiais de 2023, que retrata fatos históricos, personalidades e a diversidade cultural do país. São eles:

1 – Homenagem à Lygia Fagundes Telles;

2 – Mercados Centrais do Brasil;

3 – Moedas brasileiras;

4 – Faróis brasileiros;

5 – Dia Mundial da Amamentação;

6 – 150 anos do Elevador Lacerda;

7 – Família; e

8 – 150 anos de nascimento do médico Juliano Moreira.

O anúncio oficial do MCOM ocorreu após a 120ª Comissão Filatélica Nacional (CFN) eleger, em votação, os motivos dos selos selecionados com base nas sugestões enviadas pela população, por meio do sistema Sua Ideia Pode Virar Selo, no ano anterior.

A comissão é composta por 20 representantes de diversas instituições, como os Correios, o Ministério das Comunicações e instituições externas, como a Academia Brasileira de Letras (ABL), a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), o Instituto Brasília Ambiental (IBRAM) e a Federação Brasileira de Filatelia (FEBRAF).

Além das emissões eleitas pelo colegiado, também farão parte do PSP 2023 as emissões regulamentares: Série América, vinculadas à União Postal das Américas, Espanha e Portugal – UPAEP, Série Mercosul que será sobre Games, Série Relações Diplomáticas, a 3ª emissão da Série Profissão e a tradicional emissão comemorativa de Natal.

Novas propostas – Vale lembrar que, para 2024, o prazo para o público enviar novas ideias e sugestões de motivos para selos é até 30 de novembro deste ano. Os critérios estão disponíveis na portaria do MCOM 2014/2021.

PROGRAMAÇÃO 2022

Os motivos que estiveram presentes em 2022 foram:

  1. Vacinas;
  2. Centenário da Semana de Arte Moderna;
  3. Homenagem à Daniel Azulay;
  4. Centenário da Primeira Travessia Aérea do Atlântico Sul;
  5. Pôr-do-sol;
  6. 200 Anos da Independência do Brasil;
  7. Festa do Senhor Bom Jesus do Bonfim; e
  8. As Vilas e as Populações Caiçaras do Brasil.
– Publicidade –

Outros destaques