Siga-nos

Esportes

Sampaio Corrêa vai encarar um Coritiba em “crise”, nesta sexta

Publicado

em

alecsandro

Com 30 jogadores no elenco, 28 pontos, ocupando a 9ª colocação na tabela de classificação da Série B do Brasileiro, a dois pontos do G4, o Coritiba-PR decretou “Estado de Crise”. A torcida pede a saída do técnico Eduardo Baptista, mas a diretoria preferiu bancar o treinador e ainda afastou o atacante Alecsandro, que chegou a equipe em 2017 e em 33 partidas marcou apenas três gols.

O Coxa enfrenta o Sampaio Corrêa, nesta sexta-feira (10), às 21h30, no Estádio Couto Pereira, em busca de uma vaga na zona de classificação para a Série A do Brasileiro. Em entrevista coletiva, para falar sobre o desempenho do time no primeiro turno, a diretoria se mostrou “satisfeita” com a situação do time na temporada. “O professor Eduardo tem a nossa confiança. O trabalho é satisfatório, o dia a dia é de entrega total. Ele tem foco 100% no Coritiba”, afirmou o dirigente alviverde.

Se Eduardo Baptista está prestigiado, o mesmo não acontece com alguns experientes jogadores. Fora dos planos da comissão técnica. Além de Alecsandro, o volante Simião também está treinando em separado do restante do elenco até que apareça uma proposta.

Com altos salários, o atacante Alecsandro, de 37 anos, veio de empréstimo junto ao Palmeiras, mas não rendeu o esperado. O último gol do atleta foi no dia 25 de fevereiro, pelo Campeonato Paranaense. Alecsandro acumula passagens por Cruzeiro-MG, Inter-RS, Flamengo, Atlético-MG, Vasco e Palmeiras.