segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Auxílio Combustível Governo do Maranhão

Vamos positivar a vida!

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

O título deste texto é um mantra que eu levo para o dia a dia: Vamos positivar a vida! 

Mas, vamos combinar, ninguém consegue ser good vibes o tempo todo, pelo simples fato de a vida ter altos e baixos, ter desafios e conflitos que tentamos administrar diariamente. São conflitos internos e externos que mexem com as estruturas. E tudo bem por isso! Somos humanos! 

Nesses tempos em que as redes sociais mostram um mundo colorido, parece que todo mundo tem a obrigação de ser feliz o tempo todo, não é mesmo? Mas é importante pontuar, que nesta fábrica de felicidade instantânea, nunca foi tão verdadeiro aquele ditado que diz que “a grama do vizinho é sempre mais verde”.  

A questão é entender que vazio se quer preencher com os registros do “drink na beira da piscina”, “das viagens perfeitas” dos “sorrisos constantes” e, principalmente, o porquê da necessidade de receber os likes nas postagens. E não tô fazendo juízo de valor, porque fulano postou isso ou aquilo. Mas para nossa saúde mental, temos que fazer um exercício de olhar para dentro de nós mesmos, nos conhecermos, nos entendermos 

Pergunte-se: é disso que preciso, se preciso, o que está motivando isso? Isso me faz bem? A felicidade é verdadeira ou é instantânea e dura o tempo de um stories? Esse autoconhecimento é importante porque não deveríamos nos cobrar uma felicidade falsa, uma falsa vibração positiva, para fazer bonito no Instagram, quando estamos destruídos por dentro. Somos humanos, lembra? 

É fundamental fugir do ciclo perigoso da ditadura da felicidade plástica, para agradar o outro, para ser o “padrão” vendido nas redes sociais, para sair bem na selfie. 

A grande lição do “positivar a vida” é saber que temos a capacidade, sozinhos ou com a ajuda de um psicólogo ou terapeuta, de acolher nossos medos, fraquezas e dores e viver cada um deles.  

Positivar a vida é nos fortalecermos com as adversidades que vivemos, não é esconder, velar a dor por trás de um sorriso forçado, estampado com filtro nas RedesE nem  sugerindo que devemos postar nossas dores e fraquezas, mesmo porque cada coisa tem seu lugar. É necessário acolher sentimentos, sentir a dor, chorar, e até se desesperarmas nesse processo, encontrar força para se levantar da queda, encarar a vida e entender que ela é ciclo e que cada um desses eventos serve para mostrar nossa força e, no tempo de cada um, encontrar o equilíbrio. E mais, não temos obrigação nenhuma de parecer feliz.  

“Mas, Anne, eu  bem, segura, forte e quero postar isso”, então posta, é disso que tô falando, é por você, não é pelos outros. Seja feliz, de verdade! 

——— 

Anne Glauce Freire 

É Comunicóloga e Terapeuta Integrativa, com foco em Reiki Tradicional Usui. 

Pode encontrá-la no Instagram: @positivaravida e @anneglaucefreire 

Se preferir pode seguir o canal Positivar a Vida, no Telegramt.me/positivaravida 

– Publicidade –

Outras publicações